quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Criação da Diocese no Baixo Acaraú

A criação de uma Diocese no Baixo Acaraú, compreendendo as Paróquias de Santana do Acaraú, Morrinhos, Marco, Bela Cruz, São Francisco da Cruz, Itarema, e Acaraú, há muitos anos constitui um dos grandes sonhos da catolicidade dessa vasta e populosa região litorânea.

E, como é natural, o município de Acaraú tem pleiteado que, uma vez criada, seja mesma Diocese sediada nesta cidade.

Em artigo editorial do jornal O ACARAÚ, edição de 15.1O-55, já dizíamos: - "Há longos anos vem-se falando na criação de um nôvo Bispado no Ceará, a ser sediado nesta cidade que, pela sua posição geográfica no Estado, atenderá perfeitamente  aos interêsses religiosos desta região".

O tempo, que não espera por ninguém, foi transcorrendo, em data de 25 de agôsto de 1956, uma Comissão composta drs. Nélson Andrade Sales, Expedito Albano da Silveira e José Teúnas Ferreira de Andrade, em nome do Centro Acarauense, entendeu-se, em Fortaleza, com os Exmos. Srs. Dom Antônio de Almeida Lustosa, então Arcebispo do Ceará, e Dom José Tupinambá da Frota, então Bispo de Sobral, sôbre a criação da Diocese de Acaraú, mostrando-se, então, o saudoso Dom José francamente favorável à pretensão dos acarauenses

E, encorajados pelas palavras de esperança que ouviram, logo dois dias após, aquêles ilustres conterrâneos promoveram, entre a Colônia acarauense domiciliada naquela Capital, uma arrecadação de contribuições, para ocorrer as despesas com a futura Diocese do Baixo Acaraú, conseguindo angariar a importância, de Cr$ 20.000,00, que então representava quantia relevante.

A 2 de setembro do mesmo mês e ano, o dr. Nélson Sales, Prefeito Geraldo Benoni Silveira e numerosos outros elementos da sociedade acarauense, realizaram, no Recreio Dramático Familiar, uma reunião, também com o objetivo de conseguir donativos para igual fim, arrecadando, então, mais Cr$ 30.000,00, perfazendo, assim, um total de Cr$ 50.000,oo. Essa importância, no dia imediato, isto é, a 3-9.56, foi entregue, em Sobral ao Exmo. Sr. Dom José Tupinambá da Frota, pelos srs. dr. Geraldo Benoni Silveira, dr. Nélson Sales e sr. Manoel Damião da Silveira. Destinava-se, aquela quantia, a satisfazer as despesas iniciais. E a documentação foi preparada. De modo que, a 6-11-57, o jornal UNITARIO. de Fortaleza estampava esta alviçareira notícia: - "Por intermédio da Nunciatura, acabam de ser remetidas à Roma, propostas para a criação das Dioceses de Tauá, Iguatu, Itapipoca e Acaraú. E adiantava, o conceituado vespertino: - "Pelo que conseguimos saber junto à Secretaria do Arcebispado, o resultado da criação das 4 Dioceses poderá chegar a qualquer momento". E O ACARAÚ, de 15-11-57, assim afirmava: - "Os acarauenses, fiéis aos seus ideais cristãos e progressistas, nem um só instante abandonaram o objetivo colimado, que era, e é, conseguir a elevação desta Paróquia à categoria de Bispado". E adiantava: - "Acaraú não deixa de reunir grandes possibilidades, sobressaindo, entre outras, o Patrimônio de nossa Padroeira, que é mais rica do Estado, se não de todo o Nordeste. E é preciso notar que, provavelmente, não será desprezado êste aspecto, por isto que um Bispo bem que carece de recursos financeiros suficientes, para criar e manter obras de assistência social, religiosas e educacionais, dentro do território da sua Diocese e entre o rebanho confiado ao seu zêlo apostólico",

Entretanto. o tempo passou, e não mais se falou no assunto.

Hoje, decorridos 13 anos depois dêsses movimentos, criadas já foram as Dioceses de Iguatu e Itapipoca, Crateús e Quixadá. E o Baixo Acaraú ainda continua confiando e esperando a sua Diocese, como é de justiça, mesmo porque é possível que somente os rendimentos dos Patrimônios paroquiais de Acaraú, Bela Cruz e Marco sejam suficientes para a manutenção da Cúria Episcopal.

Fonte: Município de Acaraú - Nicodemos Araújo

Um comentário:

adm disse...

Gostaria de deixar os nossos mais sinceros elogios a este belo trabalho, pois sem dúvida é um grande arquivo público do vale do Acaraú. parabéns a você totó Rios , continue com seu trabalho , que é de grande beleza, um resgate a história de nosso Vale. Afirmo também que compatilho algumas das raras imagens que este blog nos oferece. Enfim que seja sempre muito gratificante pra você assim como é para nós que apreciamos seu blog . Um abraço. (Equipe do Blog Virgem de Siyyon )